TEMA : FAMILIA DA FÉ.

DECRETO: Gálatas 6:10. “Por isso, enquanto tivermos oportunidade, façamos bem a todos, mas principalmente aos da família da fé”.

Graça e paz, Amado(a) discípulo (a)!.

Na célula anterior aprendemos sobre mútua assistência e a se importar com os discípulos da célula. Hoje, aprenderemos sobre a responsabilidade da nossa conduta cristã dentro da família da fé.

Na nossa família da fé, que é a igreja, a célula ou o grupo de oração, temos condutas que geram responsabilidades. Por exemplo: eu sou responsável por orar, jejuar e visitar o irmão. E eu sabendo que o irmão está passando por necessidades, então, eu não me esforço para visita-lo e ajuda-lo. Esse comportamento gera consequências. Primeiro, diante de Deus, como se eu dissesse para o Senhor, eu não o obedeço. Eu não me importo com ninguém. Você entende como sua prática fala mais que as palavras. Segundo, você reteve a benção.

Viver em família é ter relacionamento. Como você diz que é irmão em Cristo se você não nem fala com o irmão, nem sabe o nome dele???!!!.

Falamos que somos o corpo de Cristo. Pregamos que fazermos parte do corpo de Cristo, mas na prática não nos importamos uns com os outros? Somos egoístas, quando nosso orgulho fala mais alto, e achamos que o pastor tem o dever moral de visitar os irmãos, ou o líder tem o dever de cuidar de todos na célula. Ei, esse dever é nosso, é meu e seu! Veja o que a Palavra de Deus nos ensina: “Aquele, pois, que sabe fazer o bem e não o faz, comete pecado”. Tiago 4:17.  Aquele que pode ajudar o irmão e não o faz comete pecado. Tem momentos, é claro, que você não terá as condições financeiras para dar, mas a sua palavra, sua fé e sua oração fará a diferença na vida da pessoa. Você será o instrumento que Deus busca naquele instante.

Observe o quanto é importante está inserido em uma célula, em um m12, ministério, equipe de oração ou outra equipe. Nessas redes de relacionamento é a oportunidade de ser usado por Deus para ajudar as pessoas e para aprender como ajudá-las. Infelizmente, vimos pessoas que por dentro estão abatidas e infelizes, mas o orgulho é tão grande que tem dificuldade de pedir ajuda. Isso é transparente na conduta de alguns irmãos. E como a família da fé deve fazer? Orar, jejuar para quebrar todo orgulho e continuar amando. E não nos cansemos de fazer bem, porque a seu tempo ceifaremos, se não houvermos desfalecido. Gálatas 6:9.

A nossa conduta como parte do corpo de Cristo é amar e cuidar das pessoas. Sabendo que um dia prestaremos conta de nosso caráter e nosso comportamento diante do Cordeiro Santo que deu sua vida por nós. Amém.

Deixe um comentário:

*

Seu endereço de email não será publicado.

© 2017 MIR 12 STM | Desenvolvido por Dimention